O Leitor – Bernhard Schlink

O LEITORUma vez mais se confirma, que um grande livro não tem de ser necessariamente um livro grande.

«O Leitor» confirma-o. embora as suas 143 páginas e capítulos de página e meia se possam ler em apenas 1 hora, «O Leitor», pediu-me que o lesse devagar, um livro que me deixou a pensar na história e nos personagens… creio que o final (as ultimas 15 paginas) valeram por todo o livro.
O segredo de Hanna era previsível, mas não esperava aquele desenlace.
quanto ao desfecho foi contraditório, sem bem que queria que acabasse daquela forma, ao mesmo tempo senti uma nostalgia, de tal forma grande, que gostaria que  o final se reescreve-se e a história voltasse para trás.
existem  livrinhos assim, que mexem connosco desta maneira…
afinal não são estes os grandes livros?

*

Michael Berg, um adolescente nos anos 60, é iniciado no amor por Hanna Schmitz, uma mulher madura, bela, sensual e autoritária. Ele tem 15 anos, ela 36. Os seus encontros decorrem como um ritual: primeiro banham-se, depois ele lê, ela escuta, e finalmente fazem amor. Este período de felicidade incerta tem um fim abrupto quando Hanna desaparece de repente da vida de Michael.

Michael só a encontrará muitos anos mais tarde, envolvida num processo de acusação a ex-guardas dos campos de concentração nazis. Inicia-se então uma reflexão metódica e dolorosa sobre a legitimidade de uma geração, a braços com a vergonha, julgar a geração anterior, responsável por vários crimes.

Perturbadora meditação sobre os destinos da Alemanha, O Leitor, é desde O Perfume, o romance alemão mais aplaudido nacional e internacionalmente. Já traduzido em 39 línguas, a obra está a ser adaptada ao cinema. Para além disso, este romance foi galardoado em 1997 com os prémios Grinzane Cavour, Hans Fallada e Laure Bataillon. Em 1999 venceu o Prémio de Literatura do Die Welt.

Anúncios

4 thoughts on “O Leitor – Bernhard Schlink

  1. O livro lê-se muito bem. Não é extraodinário, mas suficientemente agradável para um boa leitura.

    Ps: nunca caiam no erro de ver os filmes antes de lerem os respectivos livros. A nossa imaginação é sempre muito mais fértil =D

  2. Este livro é magnifico não é?
    Eu adorei esta leitura e esta escrita…escrito em forma de eterna saudade…
    Gostei da história de amor em si e da forma que o período histórico abordado foi evidênciado. O fim foi triste, mas foi perfeito (para mim claro) 🙂
    Um abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s