Quando Lisboa Tremeu – Domingos Amaral

quando lisboa tremeu Um livro que nos fala sobretudo de sobrevivência e… “destino”

Após o terramoto que destruiu Lisboa no dia 1 de Novembro do ano de 1755,  cinco  personagens centrais acabam por cruzar-se devido à grande catástrofe que assolou a capital do reino.

Margarida uma jovem freira, que foi condenada à morte pelo tribunal da Inquisição, decide enforcar-se na sua cela e não esperar pela execução, acaba por ser “salva” sobrevivendo ao grande tremor de terra. juntamente com irmã Alice que se encontra na sua situação decidem escapar de Lisboa, e começar uma nova vida onde ninguém saiba quem são.

Ao Mesmo tempo Santa-Maria um pirata dos mares consegue fugir da prisão do Limoeiro juntamente com o seu fiel amigo Muhammed.

Antes da terra tremer o “rapaz” zanga-se com a sua mãe e vai ao encontro da sua irmã gémea, mas esta fica soterrada sobre os escombros da casa. O irmão acredita que esta ainda se encontra viva e decide resgata-la o nome do rapaz nunca é revelado durante a narrativa é apenas revelado no final, por uma razão especial (embora um pouco óbvia e rebuscada) mas valeu a pena o esforço de Domingos Amaral.

Gold um oficial da Marinha Inglesa, perde a mulher durante a grande catástrofe e decide recuperar as suas poupanças que se encontram perdidas sobre os escombros para poder deixar Lisboa para sempre.

Bernardino um ajudante de escrivão encontra-se ao serviço do Ministro dos negócios estrangeiros, Sebastião de Carvalho e Melo (mais tarde futuro Marquês de Pombal). numa verdadeira demanda irá tentar capturar o Pirata Santa-Maria pois este conhece  um segredo sobre o passado de Sebastião Carvalho e melo (O Carvalhão) e poderá comprometer os planos do popular ministro do Rei.

Os capitulos do livro vão alternando entre estes cinco personagens, até que todos eles acabam por se cruzar por ironia do destino e unem esforços para poderem sobreviver à tragédia aos saques à fome ao frio e ao terrivél  Cão Negro um espanhol que lidera  um bando de malfeitores também ele(s) fugidos do Limoeiro.

Os fantasmas pessoais de cada um deles persegue-os ao longo de toda a trama. Margarida, que não é bem quem parece e o seu trauma em relação ao fogo.

A história de Santa-Maria (o protagonista), um um Português esquecido pelo Rei.

A Cobardia de Gold.

A Sentatez de Bernardino

A coragem e a esperança do “rapaz”  que acaba por ser o mais adulto e responsavél entre todos.

Um personagem que me intrigou foi o do velho e misterioso Josoé. Simpatizei também com a ex-escrava Ester.

A título de curiosidade o autor esclarece alguns pormenores históricos no início do livro, como por exemplo o nome da zona onde acualmente se encontra o Cais do Sodré, chamava-se Remolares nessa altura, facto que eu desconhecia por completo.

Um livro sem grandes pretenções que proporciona uma leitura muito agradável e descontraída, bem dentro do género do autor.

Sinopse: Lisboa, 1 de Novembro de 1755. A manhã nasce calma na cidade, mas na prisão da Inquisição, no Rossio, irmã Margarida, uma jovem freira condenada a morrer na fogueira, tenta enforcar-se na sua cela. Na sua casa em Santa Catarina, Hugh Gold, um capitão inglês, observa o rio e sonha com os seus tempos de marinheiro. Na Igreja de São Vicente de Fora, antes da missa começar, um rapaz zanga-se com sua mãe porque quer voltar a casa para ir buscar a sua irmã gémea. Em Belém, um ajudante de escrivão assiste à missa, na presença do Rei D. José. E, no Limoeiro, o pirata Santamaria envolve-se numa luta feroz com um gangue de desertores espanhóis.
De repente, às nove e meia da manhã, a cidade começa a tremer. Com uma violência nunca vista, a terra esventra-se, as casa caem, os tectos das igrejas abatem, e o caos gera-se, matando milhares. Nas horas seguintes, uma onda gigante submerge o terreiro do Paço e durante vários dias incêndios colossais vão atemorizar a capital do reino. Perdidos e atordoados, os sobreviventes andam pelas ruas, à procura dos seus destinos. Enquanto Sebastião José de Carvalho e Melo tenta reorganizar a cidade, um pirata e uma freira tentam fugir da justiça, um inglês tenta encontrar o seu dinheiro e um rapaz de doze anos tenta encontrar a sua irmã gémea, soterrada nos escombros.

 
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s