Revisitar 2011

O ano de 2011 está a chegar ao fim (e para não variar) faço um pequeno balanço deste ano que não foi um ano leituras por aí além, nem em quantidade (que é o menos importante) nem em variade de géneros, contudo houve em 2011 algumas surpresas boas:

Há mais de 10 anos que costumo eleger o “meu livro ano” e este ano a escolha vacilou na altura da escolha do sucessor de “A Sombra do Vento” (a minha melhor leitura em 2010).

No total dos 35 livros lidos este ano (mais 2 que ano passado) sobressaem 3 livros que gostaria de relembrar e recomendar vivamente a quem os pretenda ler. Começo por começar por “O Remorso de Baltazar Serapião” de valter hugo mãe que obtém a minha medalha de bronze 🙂 foi de facto um dos livros mais entusiasmantes e marcantes deste 2011 que agora termina.

A prata para “O carteiro de Pablo Neruda” de Antonio Skarmeta uma história fascinante e inesquécl cujo o comentário irei fazer nos próximas dias.

Como melhor livro do ano “O Físico” de Noah Gordon, para mim amelhor leitura de 2011. O sonho de Rob Cole tornou-se realidade e conseguiu fazer com que esta história fosse a mais emocionante e praznteira do ano.Mas 2011 foi também o ano em que me estreei no universo mágico de George R.R. Martin, As crónicas de gelo e fogo, ocuparam grande parte deste ano, dos 6 primeiros livros que li desta saga irei eleger “A Muralha de Gelo” como o melhor dos 6 primeiros volumes. Tyrion Lannister, Jaime Lannister e John Snow são os os meus 3 personagens de eleição. foi sem dúvida uma grande e longa aventura que irá regressar em 2012 conto ler lá para o verão os restantes editados a começar pelo Festim dos Corvos. Outro livro que gostaria de mencionar (não é bem um mas sim 12 livros) é Conspiração 365 de Gabrielle Lord, poderão achar que já não tenho idade para ler este género de livros juvenis (lol) mas o facto é que os li e adorei. Recomendo esta colecção sem qualquer espécie de reservas a todos aqueles que gostam de aventuras de tirar a respiração ou não saibam o que oferecer aos vossos filhos ou sobrinhos, tenho a certeza que eles vão adorar.

Os três casamentos  de Camilla S. foi outro dos livros que gostei bastante para não variar Rosa Lobato Faria raramente desilude.

O Príncipe da Neblina de Zafón que fui comprar a correr como fã do autor que sou, também não chegou a aquecer (nem a arrefecer) aguardo então os seus dois sucessores que devem chegar em 2012.

Para finalizar “as decepções” do ano:

“Nenhum Olhar” do excelente José Luis Peixoto que desta vez não me conseguiu tocar.

Novos mistérios de Sintra foi das leituras mais desinteressantes deste ano.

E pronto está feito este pequeno balanço de 2011. E vocês quais os livros que mais vos marcaram e decepcionaram este ano?

Anúncios

8 thoughts on “Revisitar 2011

  1. Eu amanha publico uma entrada similar, mas não há coincidências na seleção dos melhores ou piores livros do ano. Sem dúvida, o melhor foi, no terreno da novela histórica, “Raparigas de Xangai” e “As serviçais”. Depois deixei a meio “Solo” de
    Rana Dasgupta (embora pense retomar-lo algum dia) e detestei “Lullaby” de Claire Seeber.

  2. Como já disse no grupo o melhor foi sem dúvida O Tigre Branco de Aravind Adiga e o pior a Luz na Neve. de Anita Shreve !

    Boas Leituras para o novo ano 😉

    1. Olá Diana, já passei pelo teu blogue e comentei o teu post, pois embora goste bastante de estar no sopa de livros, tem-se perdido muitas viagens aos blogues pois comentam-se os artigos lá (evoluções)
      Um Feliz ano novo recheado de boas leituras.

  3. Eu tenho de fazer um artigo similar para os meus Devaneios. Ainda estou indecisa para o primeiro lugar. A Sombra do Vento ou A Glória dos traidores? Hummm…. díficil.

  4. Olá Nuno,
    O Físico está entre os meus livros preferidos de sempre 🙂
    É MUITO BOM.
    A minha lista já conheces, figuram nos três primeiros “Por Favor Não Matem a Cotovia”, “Pequena Abelha” e “A Vida de Pi”. Na tua lista para 2012 Acrescenta estes, porque tenho quase a certeza que vais adorar!!
    Pequena Abelha lê-se num ápice, de tão bom que é. Tem uma escrita fantástica!!
    A leitura que foi realmente uma perda de tempo foi “Manhãs gloriosas” esse sim um horror! 😛
    Desejo-te um 2012 recheado de coisas boas a ti e à tua família.
    Um abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s