Dizem Por aí…

“O País perdeu a inteligência e a consciência moral. Os costumes estão dissolvidos e os caracteres corrompidos. A prática da vida tem por única direcção a conveniência. Não há princípio que não seja desmentido, nem instituição que não seja escarnecida. Ninguém… se respeita. Não existe nenhuma solidariedade entre os cidadãos. Já se não crê na honestidade dos homens públicos. A classe média abate-se progressivamente na imbecilidade e na inércia. O povo está na miséria. Os serviços públicos vão abandonados a uma rotina dormente. O desprezo pelas ideias aumenta em cada dia. Vivemos todos ao acaso. Perfeita, absoluta indiferença de cima a baixo! Todo o viver espiritual, intelectual, parado. O tédio invadiu as almas. A mocidade arrasta-se, envelhecida, das mesas das secretarias para as mesas dos cafés. A ruína económica cresce, cresce, cresce… O comércio definha, A indústria enfraquece. O salário diminui. A renda diminui. O Estado é considerado na sua acção fiscal como um ladrão e tratado como um inimigo”.

Eça de Queiróz

in Uma Campanha Alegre (1890-1891)

Anúncios

4 thoughts on “Dizem Por aí…

  1. Eça escreveu isto ontem, a pensar no Passos Coelho…lol.
    É dele a fina ironia que me inspira.
    Este senhor, ao lado de Pessoa e Saramago fazem a minha santíssima trindade dos escritores lusos de todos os tempos. (o Vergílio Ferreira também)
    Dos mais recentes saliento o improvável Domingos Amaral.
    Abraço.

    1. É bem verdade um verdadeiro Nostradamus da literatura, surpreendeu-me o Domingos Amaral mas não conheço a fundo o seu trabalho como tal tratarei de ler melhor.
      Um abraço Arame Farpado. Obrigado pela visita.

  2. Para que não fiques desiludido devo esclarecer que não o comparo aos outros que mencionei…

    Embora adore todos os livros que publicou.

    Ontem respondi-te no blogue da Paula.

    Abraço.

    1. Olá Arame Farpado eu vi a resposta, mas é verdade não tem comparação, nem Marina, nem O príncipe da Neblina, é a isso que te estás a referir?
      podes ver as minhas opiniões sobre todos os livros de Zafón, aqui no blogue.
      1 Abraço.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s