Biblioteca Ideal: Dália Antunes

Continuamos em busca da Biblioteca Ideal. Recebi mais uma lista que agora publico, foi-me  enviada pela Dália Antunes, seguidora do Página no Facebook.

São  50 títulos que a Dália considera serem importantes e que vale a pena serem lidos. (Já leram alguns desta lista)? Se quiserem participar neste desafio, enviem-nos a vossa Biblioteca Ideal. 50 livros  que considerem realmente importantes e que deverão ser lidos. (bloguepaginaapagina@gmail.com) daqui a uns meses iremos contabilizar estas listas e transformá-la numa única lista. “A nossa biblioteca Ideal”

Biblioteca Ideal: Dália Antunes

  1. O retrato de Dorian Gray – Oscar Wilde
  2. O monte dos vendavais – Emily Bronte
  3. Cem anos de solidão – Gabriel Garcia Marquez
  4. Memórias de Adriano – Margherite Yourcenar
  5. A insustentável leveza do ser – Milan Kundera
  6. As velas ardem até ao fim – Sándor Márai
  7. Não entres tão depressa nessa noite escura – António Lobo Antunes
  8. Ensaio sobre a cegueira – José Saramago
  9. O riso de Deus – António Alçada Baptista
  10. Grande Sertão Veredas – Guimarães Rosa
  11. A paixão segundo G.H. – Clarice Lispector
  12. Capitães da areia – Jorge Amado
  13. O Alienista – Machado de Assis
  14. Um copo de cólera – Raduan Nassar
  15. Lueji – Pepetela
  16. Vozes anoitecidas – Mia Couto
  17. A sombra do vento – Carlos Ruiz Záfon
  18. O templo dourado – Yukio Mishima
  19. A casa das belas adormecidas – Yasunari Kawabata
  20. Djamila – Tchinguiz Aitmatov
  21. À espera de Godot – Samuel Beckett
  22. Ficções – Jorge Luis Borges
  23. O estrangeiro – Albert Camus
  24. Metamorfose – Franz Kafka
  25. O arranca-corações – Boris Vian
  26. O nome da rosa – Umberto Eco
  27. Lolita – Vladimir Nabokov
  28. O senhor dos anéis – J.R.R. Tolkien
  29. As brumas de Avalon – Marion Zimmer Bradley
  30. O complexo de Portnoy – Philip Roth
  31. Cisnes selvagens – Jung Chang
  32. O que o dia deve à noite – Yasmina Khadra
  33. O quarto de Jack – Emma Donoghue
  34. Trilogia de Nova Iorque – Paul Auster
  35. Fernão Capelo Gaivota – Richard Bach
  36. Papalagui – Erich Scheurmann
  37. Norwegian wood – Haruki Murakami
  38. Bartleby – Herman Melville
  39. A História Maravilhosa de Peter Schlemihl – Adelbert von Chamisso
  40. As horas – Michael Cunningham
  41. A breve e assombrosa vida de Wao – Junot Diaz
  42. Instruções para salvar o mundo – Rosa Montero
  43. Quando Nietzsche chorou –  Irvin D. Yalom
  44. A cura de Schopenhauer –  Irvin D. Yalom
  45. Almas cinzentas – Philippe Claudel
  46. Como água para chocolate – Laura Esquivel
  47. O velho que lia romances de amor – Luís Sepúlveda
  48. Smilla e os Mistérios da Neve – Peter Hoeg
  49. Nunca me deixes – Kazuo Ishiguro
  50. As flores do mal – Baudelaire
Anúncios

2 comments

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s