As Minhas Estantes (11) – Ana C. Nunes

Esta semana, mostramos as belíssimas estantes da Ana C. Nunes, uma presença já habitual no Página. A Autora do Floresta de Livros e Caneta Papel e Lápis, apresenta aqui os seus livrinhos. Obrigado Ana (uma vez mais).

Se quiserem participar nesta rubrica é fácil: Basta enviar as suas fotos e elaborar um pequeno texto sobre as mesmas, contar-nos os seus gostos por exemplo, a maneira de arrumar as estantes ou como gostariam que fossem as vossas estantes ideais. É só juntar tudo e enviar para bloguepaginaapagina@gmail.com

Entretanto se quiserem ver as estantes de outros visitantes basta clicar Aqui.

As Minhas Estantes

Por Ana C. Nunes

Tal como grande parte dos bibliófilos, eu tenho sempre muitos mais livros do que aqueles que consigo ler. Quando há três anos comecei a comprar livros com mais regularidade que nunca, tive necessidade de adquirir umas novas estantes e como gosto de cor, em vez de comprá-las com a cor natural da madeira, trouxe-as para casa num azul escuro que em breve se tornou a cor predominante no meu quarto.

E a razão porque tenho as minhas estantes no quarto prende-se com o facto de não haver mais espaço no resto da casa. Assim o meu quarto é dormitório, escritório e biblioteca, entre outras coisas mais, mas desengane-se quem pensa que é grande. Se houver um terramoto, é muito possível que eu fique debaixo de uma pilha interminável de livros.

Para uma melhor visualização das Fotos, clicar nas mesmas

estante anacnunes 01

As minhas 2 (+1) estantes são do Ikea e comprei-as por terem muito espaço e serem robustas. Até agora não tenho queixa nenhuma e só eu sei o peso que algumas daquelas prateleiras carregam. Ambas estão cheias! Tão cheias que eu deveria comprar outra, mas não tenho propriamente sítio onde colocá-la, por isso de momento ficam estas duas e só espero que aguentem o peso todo mais uns anos.

estante anacnunes 02

Tenho os meus livros divididos em vários grupos:

– Na mini-estante da esquerda (que devia ser para os DVDs) tenho os livros de bolso, separados por colecção ou por nome de autor, no caso de não pertencerem a nenhuma colecção). Ah!, e também tem um audiobook (para já só sou dona de um, mas tenho escutado muitos e aconselho a aderirem a este modo de leitura quando estão a fazer as lides domésticas);

– Nas primeiras duas prateleiras da estante grande da esquerda, tenho os livros das colecções que vinham com revistas (tipo a Sábado, a Visão, o Público, etc.), as antologias de contos e as revistas e fanzines do fantástico nacional. Na segunda prateleira tenho também os livros da colecção azul da Caminho, de ficção científica, porque já não cabiam na estante dos livros de bolso;

– Na terceira prateleira, do lado esquerdo, tenho os Meus livros, aqueles que tem o meu nome na lombada, ou no seu interior. Para já são poucos, mas espero que em breve sejam mais. Do lado direito tenho os livros sobre “Como Escrever/Desenhar” e no centro tenho livros de pesquisa que uso ou planeio usar como referência para os romances que escrevo/vou escrever. Também é nesta prateleira que tenho os dicionários

estante anacnunes 03

Ainda na primeira estante grande, tenho:

– A prateleira dos romances em inglês, com duas filas (uma não se vê, está por trás). Cada vez leio mais em inglês, por isso esta é a prateleira que mais tem crescido (felizmente como os livros em inglês são normalmente mais pequenos, consigo guardar mais em cada prateleira).

– Os álbuns de BD estão na quinta prateleira, mas só os de capa dura. Tenho mais de 400 revistas de BD que não estão à vista, estão guardadas por falta de espaço. Na mesma prateleira estão também vários livros técnicos, de variadas vertentes, desde negócios, direitos, desenho, línguas, etc. Também é aqui que tenho quatro figurinhas de personagens de mangas que leio (podem ver os álbuns na foto seguinte), como Naruto, One Piece e Inuyasha.

– Na última prateleira tenho mais livros de pesquisa, históricos e de cultura geral. Como adoro o Egipto e a mitologia em geral, se prestarem atenção poderão ver vários sobres essas temáticas.

estante anacnunes 04

Na segunda grande estante, por cima, tenho os mangas (banda desenhada japonesa). Na foto não se vê metade do que tenho, porque o resto está numa fila atrás, mas basta dizer que são muitos álbuns de manga e os meus favoritos são os que estão na frente, para lhes pegar sempre que queira.

– Na primeira prateleira, propriamente dita, começam os romances em português, das mais variadas editoras, organizadas pelo primeiro nome do autor. E assim segue pelas restantes prateleiras. Os livros que li e ainda estão por ler, estão misturados. Anteriormente separava-os mas esteticamente não ficava tão bonito e as sagas ficavam sempre divididas, por isso voltei a renuir os livros lidos com os não lidos. Não corro o risco de reler um livro a pensar que ainda não o li. Pelo menos não para já.

Na segunda prateleira estão também os marcadores de livros (aquela pequena pilha que lá está). Faço colecção e gosto de ir trocando de marcador de acordo com o livro que leio.

 estante anacnunes 05

A prateleira de baixo foge aos romances e regressa à BD e aos livros infantis. Quase todos são livros que tenho desde muito nova e guardo-os com muito carinho, revisitando-os de vez em quando. Aqui encontram-se as colecções da “Rua Sésamo” o “Dom Fonsarilho e Santa Pança”, histórias da “Disney”, a “Enciclopédia Visual”, entre outros. As duas últimas fileiras de livros são de BDs muito mais recentes. E, mesmo assim, como disse, nem metade da minha colecção de BD está nestas estantes. Não havia espaço para tudo.

Além de tudo isto ainda tenho mais uns seis na minha mesa-de-cabeceira, que não fotografei. Tenho também dois belíssimos livros de Júlio Verne, numa edição de 1886 (que são mesmo lindos!) e, para finalizar, tenho o meu kindle (ebook reader), Mas aqui fala-se de estantes e não de livros digitais, por isso não conta.

E é isto que tenho a mostrar/dizer sobre as minhas estantes. Gostava de ter mais uma para poder ‘desfilar’ mais lombadas, mas de momento estas são suficientes e têm-me servido muito bem.

Dá gosto olhar para elas e embelezam-me o quarto, mas o que mais gosto é de terminar um livro, guardá-lo no local na estante e depois passar longos minutos a ver qual vai ser a minha próxima leitura. Escolha não falta. O que falta é tempo para ler tudo.

 

Anúncios

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s