Pequena Abelha – Chris Cleave

pequena abelha“Pequena Abelha” marca a minha estreia com Chris Cleave e após ter lido tantas opiniões acerca da sua leitura, decidi também eu experimentar esta “história do outro mundo” que parece ter ficado na memória de todos os que leram a “trágica história da Abelhinha”.
Começo então pelo título escolhido para a edição Portuguesa (Edições Asa- 2008). A meu ver um título totalmente desadequado mesmo que o nome adoptado pela “protagonista” seja  “Abelhinha”, para quem leu o livro, creio que concordará, que o original “The Other Hand” faria bem mais sentido dado “a Situação”… Mas isto são pontos de vista.

A segunda coisa que não gostei no livro (e isto também é um ponto de vista) foi a capa, a contra-capa, e as badanas, repletas de críticas fabulosas ao autor e à história. Tão fabulosas que “a história” nem sinopse tem…. contendo um apenas “leia e fale dele a todos os seus amigos”. Estes são os primeiros sinais de um “produto” destinado simplesmente a vender. Motivos que geralmente me fazem pensar duas vezes em ler o livro. Sabemos todos que isto é apenas marketing editorial, mas no caso desta “pequena Abelha” passa um pouco das marcas. (nesse aspecto)

Após a leitura, tenho de dizer que “Pequena Abelha” é um bom livro, bem escrito, bem congeminado e bem estruturado, com algumas passagens fora de série e que nos fazem pensar (mais ainda) que nos queixamos constantemente da vida e de barriga cheia, quando existem pessoas que dariam “um dedo” ou talvez a mão inteira para estar na nossa situação. Pequena Abelha é um livro que nos leva a reflectir e questionar sobre a nossa noção de “progresso”. Uma histórica dramática, que mesmo assim nos consegue fazer ver o lado positivo da vida, e ainda arrancar alguns sorrisos. O autor leva-nos num vai e vem temporal com o objectivo de descobrirmos qual a relação entre Sarah e a Abelhinha, sem que o leitor perca o norte.
Não irei dizer muito mais, como diz a “inexistente” sinopse, este é um livro para ser descoberto…
Gostei da leitura, no entanto (uma vez mais) recomendo prudência quanto à interpretação das críticas, que enchem a contra-capa; Pode tornar-se num balde de água fria.
Pequena Abelha é de facto um bom livro, mas sem direito a fogo de artifício.

SINOPSE:

Não queremos contar-lhe o que acontece neste livro. Esta é uma história mesmo especial e não queremos desvendá-la. Ainda assim, vai precisar de saber um pouco mais sobre ela para querer lê-la, por isso, vamos dizer apenas o seguinte:
Esta é a história de duas mulheres. Os seus destinos vão cruzar-se um dia e uma delas terá de fazer uma escolha terrível, o tipo de escolha que ninguém deseja enfrentar. Uma escolha que envolve vida ou morte dois anos depois, elas encontram-se de novo. É então que a história começa verdadeiramente…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s