84ª FLL 2014 – Impressões, Aquisições e Imagens

 

84ª FLLIMPRESSÕES:

Após uma “pausa forçada” regressei à FLL após dois anos de ausência, o que vi agradou-me muitíssimo.
Tenho por hábito ir à FLL durante a semana, período em que o espaço é mais calmo e se consegue andar por ali sem pisadelas e encontrões e se consegue aproveitar melhor cada minuto na Feira.

Nota positiva quanto à data escolhida (a fazer lembrar outros tempos) finalmente recuperaram o mês de Junho, que por regra é o melhor em termos climatéricos, chuva, nem vê-la, sol, sempre a brilhar, não há calor abrasador, mas também não há frio.
Nas costas do eterno e sempre vigilante Marquês de Pombal, foi bom voltar a subir e descer várias vezes o Parque Eduardo VII e foi com muita satisfação que vi muitas melhorias, não tanto nos pavilhões que a par de os dizerem “novos” a mim me pareceram apenas ter “cores novas”. Muitos espaços de restauração, lazer e descanso, são as melhorias visíveis, mais significativas.
E lá estive para assistir à tertúlia “Livros na Estrato(blogo)esfera” que me pareceu uma excelente oportunidade não apenas para rever alguns amigos, mas também de participar em algo único, pouco habitual e muito interessante.

Tarde de 7 de Junho de 2014, Sábado de muito sol, e muita gente…. Muita gente mesmo, embora a minha ideia não fosse comprar (visto que as coisas aqui por estes lados, ainda não regressaram aos dias felizes) não quis no entanto deixar de dar uma espreitadela ás novidades e aos livrinhos.
Comecei como sempre, pelos Alfarrabistas, livrinhos usados a preços simpáticos (quem não gosta ?) mas foi impossível….São as desvantagens dos fins de semana na FLL. Tive de fugir das praças Leya e Porto Editora (respectivamente) pois estavam intransitáveis, tanta gente para ver livros, tanta gente para pagar, que não se andava, nem para cima, nem para baixo. 😀
Feira acima, feira abaixo, não podiam faltar as habituais e famosas fartura da feira. Aproveitei para rever e trocar dois dedos de conversa, com os membros da Roda dos Livros e para um encontro muito especial com o autor Pedro Garcia Rosado, rodeado de “Livrólicos Anónimos” sorridentes e muito atentos ás palavras do “Mestre do Thriller Português”.
Depois das 19, no auditório da FLL, a tertúlia entre leitores, bloggers e autores, foi o culminar de uma tarde maravilhosa, naquela que foi a minha primeira e única visita à Feira do Livro de 2014.

AQUISIÇÕES:

Infelizmente as vacas estão cada vez mais magras (quase tísicas) e não pude comprar tudo quanto gostaria, mas ir à FLL e vir de mãos a abanar, não é ir à Feira 😀
Poucos, mas bons! (pelo menos para mim)
Duas ofertas, por parte do autor Pedro Garcia Rosado, “O Clube de Macau” e “A Guerra de Gil”, livros que queria muito ler e que infelizmente se encontram fora do mercado, com um bocadinho de sorte talvez consiga os restantes: “Crimes Solitários” e “Ulianov e o Diabo” que fazem parte da trilogia “O Estado do Crime” obrigado ao PGR, pela oferta e pela simpatia, com que nos brindou, no nosso encontro.
Do mesmo autor e no Stand da Top Seller. comprei “Morte com Vista para o Mar” o primeiro volume da nova série que conto ler muito em breve.
Os Alfarrabistas são por vezes boas surpresas, não apenas nos preços, mas também pelas descobertas deste ou daquele livro que nos escapou, ou que já não conseguimos arranjar.
Da extinta e saudosa DIFEL, trouxe ” Montanhas Silvestres” de Rosamunde Pilcher, será com certeza uma maravilhosa leitura ou não fosse um livro da autora de “Os Apanhadores de Conchas”
E por falar em autores favoritos… Noah Gordon veio também comigo “O Comité da Morte” do mesmo autor de “O Físico” e de “O Catalão”
Comprei ainda um livrinho para a minha filha Beatriz, pois sempre que vou à Feira do Livro, trago sempre algo para ela, ou não fosse uma amante de leituras como eu.
E pronto, houve poucas compras, mas valeu a pena ter ido, pelo dia, pelo passeio, pelos amigos, pelo convívio e claro, sempre pelos livros.
Para o Ano há mais.

o clube de MacauO CLUBE DE MACAU | PEDRO GARCIA ROSADO

Macau, 1984: um juiz (o futuro procurador-geral da República), três polícias, um médico e um apresentador da televisão formam um bordel secreto a que chamam Clube de Macau, recorrendo a adolescentes chinesas dispostas a pagar o preço mais elevado para fugirem da China para o Ocidente. Quando uma delas é assassinada, o Clube de Macau dissolve-se.
Mas vinte anos mais tarde, em Lisboa, os antigos membros voltam a encontrar-se quando o procurador-geral pretende candidatar-se à Presidência da República. A ambição cruza-se então com o escândalo de pedofilia, e, desta vez, não é o prazer que espera os antigos membros do Clube de Macau, mas uma guerra sem tréguas.
Inspirado pelo Processo Casa Pia, O Clube de Macau é o terceiro romance de Pedro G. Rosado sobre os submundos da realidade portuguesa, depois de Crimes Solitários e de Ulianov e o Diabo, completando a trilogia O Estado do Crime.

A GUERRA DE GILA GUERRA DE GIL | PEDRO GARCIA ROSADO

O coronel Vítor Gil esteve, sempre, do lado errado. Em Moçambique, durante a guerra colonial, matou um agente da Pide, em vez de acompanhar os seus camaradas no massacre da população civil de Wiriyamu. Depois, de regresso ao Regimento de Infantaria de Caldas da Rainha, viveu a revolta militar que, antecipando o 25 de Abril, não triunfou. Trinta anos depois, viúvo e solitário, Gil regressa à mesma cidade e escolhe um moinho isolado para se refugiar do mundo, na fronteira de uma serra inexplorada que confina com o oceano Atlântico. Mas um compromisso familiar vai envolvê-lo na actividade criminosa de uma família invulgar e violenta que tem uma agência funerária e que, beneficiando de um importante apoio local, se dedica ao tráfico de droga através de meios poucos ortodoxos e à comercialização de carne de vitela branca. E Gil é obrigado a entrar em guerra. Outra vez.

Capa Morte com Vista para o MarMORTE COM VISTA PARA O MAR | PEDRO GARCIA ROSADO

Nas traseiras de uma moradia isolada nas Caldas da Rainha, um professor de Direito reformado aparece morto à machadada na casa onde vivia sozinho. Patrícia, inspetora-coordenadora da PJ, pede ajuda ao seu ex-marido Gabriel Ponte, antigo inspector da Polícia Judiciária, que assim regressa ao mundo da investigação criminal.
Meses antes, o professor tinha contactado Patrícia, sua antiga aluna e amante, para denunciar a existência de um esquema de corrupção e de lavagem de dinheiro em torno do projeto de um empreendimento turístico gigantesco nas falésias da costa atlântica.
As primeiras provas apontam para que este homicídio seja resultado de um affair com uma mulher casada, mas poderá o professor ter sido assassinado por saber demais?

MONTANHAS SILVESTRESMONTANHAS SILVESTRES | ROSAMUNDE PILCHER

Victoria Bradshaw apaixonou-se por Oliver Dobbs, um dramaturgo londrino, quando tinha apenas dezoito anos. De início esse amor era correspondido até que ele a deixou e desapareceu sem deixar rastro.
Agora, anos mais tarde, Oliver aparece na sua porta, viúvo e com um filho de dois anos nos braços. Victoria não consegue deixar de o aceitar.
Os três partem numa viagem à Escócia, que se torna numa odisseia de descoberta.
Um romance sobre as relações humanas, tão reais como as vividas por qualquer leitor e sobre um amor tão rico e tão imprevisível como acontece nos sonhos.

O COMITÉ DA MORTEO COMITÉ DA MORTE | NOAH GORDON

A paixão pelas questões da medicina e pelo quotidiano de médicos idealistas está de volta em ‘O comité da morte’. Noah Gordon aborda desta vez uma temática contemporânea, envolvendo as vitórias e os fracassos de três jovens cirurgiões de transplantes de órgãos em um hospital de Boston. O ‘comité da morte’ é uma formalidade disciplinar, uma espécie de tribunal interno, que funciona em alguns hospitais americanos. Diante do falecimento de um paciente, o médico deve justificar o seu diagnóstico e o seu tratamento. O veredicto do comité passa então a influir no futuro da carreira dele. Nesta história, porém, o presidente do tal comité é Harland Long Wood, que persegue sem trégua três jovens e dedicados médicos. E através de um percurso envolvente de êxitos e derrotas, misturado às crises de poder e de carácter, ficamos conhecendo o dia a dia de um grande hospital.

IMAGENS:

Aqui ficam alguns momentos desta tarde, bem passada entre duas coisas que me dão imenso prazer, Amigos e Livros.

Para uma melhor visualização das imagens, clique numa das fotos e aceda à galeria

Anúncios

11 thoughts on “84ª FLL 2014 – Impressões, Aquisições e Imagens

  1. Olha bem que gostei de te conhecer, depois de tantos anos a falarmos na net! E gostei desta fotoreportagem com direito a cusquices das aquisições 😉

    1. Olá Vera! Pouquinhas, mas paciência, isto não deu para mais.
      Valeu bem bem a pena ter ido, gostei muita da Tertúlia, pena ter durado tão pouco!
      Esperemos que se repita.
      Farei também mais dois artigos deste dia, dedicado precisamente à tertúlia.
      Beijinhos e boas leituras

  2. Que pena não estar em Lisboa para vos conhecer a todos! Nuno, melhores dias virão! Mas sim, tens razão os Alfarrabistas são sempre uma aventura e concerteza, esse livro da Rosamunde Pilcher será fantástico.

    1. Olá Jojo, não faltarão oportunidades, embora nós já nos tenhamos cruzado mesmo que por minutos, no alfarrabista do Chiado 😀
      Irei publicar posteriormente um video, com a tertúlia e sempre podes cuscar um bocadinho a nossa tarde.
      Beijitos

    1. Olá Márcia, as nossas Sexy Selfies, ficam para o artigo seguinte, dedicado à Tertúlia. 😀
      Tive alguns problemas com o video, pois faltam-me uns codecs próprios do telefone, mas lá consegui converter o ficheiro, que irei publicar em seguida, não perdeu muita qualidade., vai estando atenta.

  3. Viva Nuno,

    Mas que bem, fico contente que tenhas passado um excelente dia, para mim é sempre um prazer lá ir acima de tudo pelo bom convivio com a malta, poucos mas bons 🙂

    E mesmo com a crise ainda trouxeste umas coisinhas boas, aguardo comentários 😀

    Abraço e um dia lá nos encontraremos quem sabe na feira do livro 🙂

    1. É Verdade Fiacha, as coisas por aqui estão muito beras (como sabes),mas ainda bem fui, valeu a pena, rever algumas caras e também pela distração.
      A ver se combinamos algo, com ou sem feira.

  4. Este ano fui eu que não fui à feira, com muita pena minha. Primeiro porque fui arrancar 4 dentes não me sentia muito capaz de andar lá durante o fim de semana, cheio de gente, depois… bem, porque tive uma semana de férias, que apanhou os dois fins de semana de feira. Também gosto mais de ir ao dia de semana, pelas razões por ti enunciadas, mas é mais complicado – a tarde que tinha disponível deu para estar de chuva! 😛

    Quanto a essas tertúlias, nunca assisti a nenhuma. Mas sei que no ano passado já as houve e que a feira também teve lugar em Junho – que concordo ser muito melhor. E também notei que tinha melhorado bastante em espaços recreativos e de restauração, que proporcionam um convívio mais agradável.

    Esse livro da Rosamunde também me cativou! Ah,mas para não ficar tristinha, também comprei uns livrinhos na FNAC, que nesta altura tem a sua própria feira do livro, com descontos que chegam aos 30%… Não é a mesma coisa, mas foi o que se pôde arranjar! 🙂

    Beijocas

    1. Olá Teté, bem-vinda de volta.
      Após 2 anos de ausência, também regressei à FLL, e com muita pena minha, com os “trocos contados” é a triste realidade (não apenas minha, mas de muita, muita gente) continuamos eternamente dos melhores dias que virão (e que nunca mais chegam) – Tipicamente português. 😀
      De facto a FLL estava à pinha e que grande confusão, senão fosse pela Tertúlia e pelo encontro com o autor Pedro Garcia Rosado, não teria ido num sábado, é quase impossível aproveitar o que quer que seja. Valeu realmente a pena pelo convívio.
      Estou expectante em relação ao livro da Rosamunde Pilcher, adorei os “Apanhadores de Conchas” e como a autora deixou de ser publicada, aproveitei este livrinho, perdido numa banca de Alfarrabista e veio comigo, se for tão bom como “Os Apanhadores”, já valeu a pena.
      Beijinhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s