Já não Canto essa Canção

Nunca fui Homem de desistir…. mas o cansaço, o desgaste a obsessão e a ansiedade venceram-me e mataram-me a razão.
Não deixarei de sonhar… tentarei sorrir e ser feliz todos os dias (um bocadinho de cada vez)
Fecho hoje a página desse teu livro Fechado, risco o teu nome, devagarinho, para não te magoar mais…
Para não me magoar mais.

Nessa tua Alma de Papel, perdi-me, reencontrei-me e voltei a perder-me.
Criaste mais uma capa em mim, um novo escudo ainda mais duro, que novamente fingindo me tornará mais forte.
Não me verás, não me ouvirás, não me voltarás a ver sorrir, não me voltarás a ver chorar.
Escreveste mais uma página, neste meu velho Livro, ensinaste-me com certeza algo mais….

Se me lembrarei de ti? Não sei… Hoje sou apenas eu. Novamente eu.
O Tempo tratará de me mostrar.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s