Dia: 02/04/2017

Novos Vizinhos na Estante – Março 2017

Chegaram 3 novos títulos ás minhas estantes no mês de março de 2017.
Do projecto “Ler faz bem” Voltaire é a aposta para Março sucedendo a Jack London e Orson Welles com uma obra sobejamente conhecida “Cândido ou o Optimismo”.

Pela mão da Amiga MJ um livro que andava há séculos para ler: “Ferrugem Americana”

E para fechar o mês um livro bem ao meu género: espionagem e contra-espionagem. Mais um livrinho de Daniel Silva, que chegou com 50% de desconto.

Deixo as sinopses e as sugestões, boas leituras. Bons livros para ler.

candido-ou-o-optimismo08. CÂNDIDO OU O OPTIMISMO
De: Voltaire
Páginas: 166
Colecção: Ler Faz bem #3
ISBN: 9789898851123

Cândido ou o Optimismo é uma das mais célebres obras de François-Marie Arouet, Voltaire (1694-1778). Publicada anonimamente em 1759 é logo identificado o seu Autor e nesse mesmo ano a obra conhece vinte edições, seguindo a sua fama para Itália e Inglaterra onde é traduzida. Voltaire foi o introdutor de um género de conto que utiliza a ironia para revelar criticamente a realidade do mundo em que vivia: utiliza a ficção como interrogação e os seus personagens agem por vezes em contradição com o senso comum da época. Em Cândido, o seu herói confronta-se regularmente com o optimismo veiculado pelas teorias de Leibniz (o melhor dos mundos possíveis), ou o seu nome não exprimisse precisamente a ideia de candura que o optimismo gera na adversidade através da existência do mal e da justiça divina.

ferrugem americana09. FERRUGEM AMERICANA
De: Philipp Meyer
Páginas: 415
ISBN: 9789722522830

Passado na Pensilvânia, num cenário de grande beleza mas economicamente destruído, é um livro sobre a perda do sonho americano e do desespero – bem como da amizade, lealdade e amor – que dela advêm.
Esta é a história de dois rapazes ligados à cidade pela família, responsabilidade, inércia e beleza, que sonham com um futuro para além das fábricas e das casas abandonadas. Isaac English é deixado a tomar conta do pai depois do suicídio da mãe e de a irmã ter fugido para a universidade de Yale. Quando finalmente decide partir, acompanhado pelo seu melhor amigo, o temperamental Billy Poe, antiga estrela do futebol do liceu, são apanhados num terrível acto de violência que muda as suas vidas para sempre. Ferrugem Americana, evocativa dos romances de Steinbeck, leva-nos ao coração da América contemporânea num momento de profunda inquietação e incerteza quanto ao futuro. Trata-se de um romance negro mas lúcido e comovente, acerca da desolação que se bate com o nosso desejo de transcendência e acerca da capacidade salvadora do amor e da amizade.

o espião improvável10. O ESPIÃO IMPROVÁVEL 
De: Daniel Silva
Páginas: 621
ISBN: 9789722523929

«Em tempos de guerra», escreveu Winston Churchill, «a verdade é tão preciosa que deveria sempre ser acompanhada por um séquito de mentiras.» No caso das operações de contrainteligência britânicas, isto implicava encontrar um agente o mais improvável possível: um professor de História chamado Alfred Vicary, escolhido pessoalmente por Churchill para revelar um traidor extremamente perigoso, mas desconhecido. Contudo, os nazis também escolheram um agente improvável: Catherine Blake, a bela viúva de um herói de guerra, voluntária num hospital e espia nazi sob as ordens diretas de Hitler para desvendar os planos dos Aliados para o Dia D…