Absolutely Flawless

 

Escolhi para ilustrar o primeiro post de 2017 uma imagem captada pelo amigo “AA”  numa ida (sempre mágica) à Vila e Serra de Sintra em Novembro passado.

A Imagem retrata um momento de talento puro na arte de  criar  bolas de sabão gigantes. Básico e simples não é?
Com o Avançar dos anos olhamos cada vez menos para o ostentativo e passamos a enxergar mais a beleza dos pequenos quês que começam a ser cada vez maiores aos nossos olhos. (vale mais tarde do que nunca)

Com os anos vamos dando cada vez menos importância à superficialidade da coisa e das coisas com que nos deparamos quase diariamente rejeitando os velhos clichés e as frases feitas. Há quem diga que é falta de paciência, outros chamam-lhe maturidade.

Paz, saúde, amor, dinheiro, trabalho, etc, etc, etc, são os eternos desejos que queremos para nós e que transmitimos aos que estimamos. Com o passar dos anos, vamos-nos apercebendo de que alguns sonhos e alguns desejos nunca se irão realizar. Não é derrotismo… são certezas.
Afinal o que distingue um último dia de calendário dos outros dias do ano? (deixo a resposta ao vosso critério)

O meus desejos? Que possa continuar a desejar-vos um bom ano (por muitos anos). Que vivam cada um como se fosse o primeiro! (porque cada dia e cada ano são isso mesmo, mais tempo e oportunidade de corrigir ou de fazer diferente. de reparar pequenos gestos e de reparar (mais) em pequenos gestos.
Que cada dia possa ser à semelhança da Bola de sabão da imagem, uma bolha de ar que rebentará em novos desejos e sonhos e aprendizagem (sempre)

O meu desejo é o mesmo do ano passado, e do outro e do outro e outro….
2017… (é apenas mais um(a) bolha)
A aventura continua… que seja perfeita então.

Bom dia a todos os que prosseguem…

3 de Janeiro de 2017

Logo GIF

Rosa dos Ventos

Todos nós alguma vez, dissemos sim, não ou talvez…
Aos nossos, a nós. Um bom ano

1 de Janeiro 2016

 

ROSA DOS VENTOS
Almada Negreiros – (1893-1970)

 

Não foi por acaso que o meu sangue que veio do Sul
se cruzou com o meu sangue que veio do Norte.
Não foi por acaso que o meu sangue que veio do Oriente
se cruzou com o meu sangue que veio do Ocidente.

Não foi por acaso nada de quem sou agora.

Em mim se cruzaram finalmente todos os lados da terra.
A Natureza e o Tempo me valeram: séculos e séculos
ansiosos por este resultado um dia
e até hoje fui sempre futuro.
Faço hoje a cidade do Antigo
e agora nasço novo como ao Princípio:
foi a Natureza que me guardou a semente
apesar das épocas e gerações.

Cheguei ao fim do fio da continuidade
e agora sou o que até ao fim fui desejo.

O Centro do Mundo já não é o meio da terra
vai por onde anda a Rosa dos Ventos
vai por onde ela vai
anda por onde ela anda.

Agora chego a cada instante pela primeira vez à vida
já não sou um caso pessoal
mas sim a própria pessoa.

Boas Leituras – Grandes Viagens em 2015

semente da leitura

Não poderia terminar o ano, sem passar por cá e agradecer a todos os que me vão lendo e confesso que me surpreendeu o tráfego do blogue.
É sinal de que ainda há vida a cada Página e que há quem leia o pouco que tenho para dizer.
Não poderia passar sem agradecer as mensagens que me foram chegando, nestes últimos dois meses, que bom é poder contar com o apoio de quem me quer bem.
Ao longo destes últimos 5 anos esta casa primou pela partilha e pelo amor aos Livros, aqueles que nos levam a viajar e sonhar de olhos abertos, nestes últimos 5 anos, conheci muitas caras, perdi outras tantas e fortaleci amizades, com pessoas dos mais variados, quadrantes, numa experiência única, que quero continuar a viver.
Olho para 2015, como “O Ano”. com vontade de continuar e aproveitar bem melhor aquilo que a vida me tem oferecido.
Conto convosco na viagem.
A todos e a cada um excelente ano de 2015.

Nuno Chaves

Feliz 2013

Que o Novo Ano (que se adivinha difícil) vos traga, grandes estórias e bons livros para ler! São os meus desejos a todos os que passaram por cá este ano!

Feliz Ano Novo… voltamos a “ver-nos” para o Ano!

no-future6

Propostas de Leitura e Meta para 2013

Para os Bibliófilos, 2012 ainda não acabou… Mas já começam a pensar em livros e mais livros
Se o mundo não acabar esta semana, esta será a minha meta de leitura para o novo ano
São as Propostas do Página a Página para 2013
Boas Festas e espero que gostem tanto deste video como eu. (Deu uma trabalheira desgraçada)

Boas Festas, bons livros para ler.

Eu e os Livros em 2012

Cada novo ano que começa é como se fosse para mim o primeiro. É sempre um virar de página como se tudo o que estivesse para trás, ficasse esquecido, o mesmo em relação ás minhas leituras… é como começar tudo de novo.

Este ano e pela primeira vez criei para mim mesmo uma meta de leitura que muito provavelmente não será cumprida, pois gosto de ir lendo ao sabor das marés (leia-se tempo e vontade) sem obrigações. Mas esta não é uma meta qualquer, deve-se ao facto de também eu não estar imune á situação que (para não variar) o nosso país atravessa, no meu caso o desemprego chegou de mansinho e nem sequer bateu á porta. Não antevejo grandes melhorias na minha situação mas… há sempre um mas.

E como infelizmente para quem gosta de ler no nosso país, o sacríficio financeiro é demasiado elevado, muitos terão provavelmente de se conter nas compras, pois segundo parece, isto não vai ficar por aqui.

Mas temos sempre as bibliotecas que nos podem ajudar a poupar, os alfarrabistas, uma ou outra promoção que irá aparecer, as feiras de livros, enfim mil e uma maneiras para que em tempos de crise… ninguém possa dizer “eu não leio porque não tenho dinheiro e os livros são demasiado caros”.

No meu caso… a não ser que haja uma mudança muito grande e principalmente na minha carteira irei aproveitar (nem tudo é mau) para por em dia as eternas listas de espera. Tenho nas minhas prateleiras alguns livros que têm sido preteridos por outros mais recentes e que aguardam pacientemente que eu lhes pegue e os descubra.

Nos planos de leitura estão alguns livros mais recentes que fui comprando em 2011, outros que me ofereceram e outros que como já disse aguardam a sua vez para irem sendo desfolhados.

Este ano darei uma volta pelo mundo do Booker Prize, conto ler 5 ou 6 livros vencedores deste importante prémio… e prontinhos a saltar da estante estão já “A Linha da Beleza”, “Os filhos da meia-noite”, “O Deus das Pequenas Coisas”, ” O Sentido do fim” e os muito aguardados “A Vida de Pi” e “O Tigre Branco”.

Gostaria também de dar um salto (um pouco mais curto) aos Nobel de Literatura, a postos estão: José Saramago (…), Nadine Gordimer, Toni Morrison e Vargas Llosa.

No que toca a fantasia um género que muito aprecio, conto regressar aos Sete-Reinos e reencontrar “velhos amigos” das “Crónicas de gelo e Fogo”, partirei do sétimo volume (e se for possível) até aos “Reinos do Caos” a ser editado este mês. Ainda pelo mundo da Fantasia irei terminar a aventura que começou á 9 anos anos atrás com Eragon e Saphira no muito aguardado desfecho da saga da “Herança”. Uma das minhas prendas deste último Natal.

Revisitarei alguns dos meus autores de eleição para começar: Paul Auster e “Invísivel” este é um dos livros que está mais zangado comigo pois aguarda desde o Natal de 2009 altura em que me foi oferecido. Também Marc Levy que acompanho á 12 anos e está entre os meus favoritos. Conto também reencontrar a Drª Kay Scarpetta e o detective Marino da autora Patricia Cornwell.

2012 será o ano em regressarei aos livros da minha infância aqueles que já li milhentas vezes mas que nunca desiludem previstos estão “O Livro da Selva”, “Tom Sawyer” e “A Ilha do Tesouro”

Em Português, gostaria de voltar a valter hugo mãe que me arrebatou o ano passado com “O Remorso de Baltazar Serapião”. Ano que não leia Rosa Lobato Faria não é ano e por isso “A Flor do Sal” aguarda também a sua vez. (desta autora que ainda me faltam provavelmente 3 ou 4 livros tenho feito render o peixe… não sei muito bem porquê). Miguel Sousa Tavares também aguarda a sua vez.

Thomas Harris, Daniel Silva, Katherine Neville, James Rollins, Lars Kepler e Robin Hobb, são também autores que com muio jeitinho entrarão nesta meta de leitura.

Para finalizar e será muito provavelmente a excepção: Carlos Ruiz Zafón, irão ser editados muito provavelmente 2 livros deste autor que tanto aprecio… a crise que lixe não posso perder.

Deixo-vos com as continhas deste ano:

Livros Novos 23 284.88 Euros
Compras em 2010 e anos anteriores 7 11.95 Euros
Empréstimos 0 0
Requisições à biblioteca 0 0
Ofertas 5 91.09 Euros
Poupei em 2011 103.04 Euros
Gastei em 2011 284.88 Euros
Lidos em 2011 35  33 (2 desistencias)

E pronto, tantos livros tão pouco tempo, esta é a minha meta… se irei cumprir não sei! Pelo menos irei tentar.

Ah! e também faz parte da meta  reduzir no café, no açucar, no sal, no… e no… e nos cigarros… Ups!

Um bom ano a todos!

Feliz 2012

Desejo a todos os amigos e visitantes do Página a Página Um Feliz Ano de 2012, que dentro do possível todos os vossos desejos (mesmo os mais díficeis) se possam realizar, que seja um ano de muita esperança que bem vamos precisar.

Vemo-nos para o ano com muitos leituras

 Feliz Ano Novo.

Ano Novo… Livros Novos ou Velhos (A Nossa Paixão).

4Um Novo ano começa e com ele,« chegam novos livros, novos autores, novas edições. É como se voltasse tudo à estaca zero.  Dispomos de milhares de livros, que estão à nossa espera nas prateleiras das livrarias e dos hipermercados, fazemos planos para esta ou aquela feira do livro, esperamos ansiosamente a continuação ou o desfecho desta ou daquela saga, que seguimos religiosamente durantes meses ou anos. fazemos planos para ler este ou aquele autor de que tanto gostamos e aguardamos com expectativa o lançamento de um novo livro do nosso autor favorito… é sempre assim para os amantes de literatura no começo de cada ano.

E este ano não iria deixar de ser diferente, 2010 já chegou, é altura de arrumar a casa incluir este ou aquele post já publicado no seu respectivo lugar junto com o seu autor e partir de viagem para novas aventuras… página a página. conhecer novas gentes,  descobrir novos lugares e revisitar  outros tantos, reencontrando velhos amigos, é a magia do livro.

Regra geral não costumo lançar desafios literários a mim próprio, deixando-me ir um pouco ao sabor da maré, vou lendo esta ou outra critica a este ou aquele livro e decido se o leio ou não, as vezes um pouco ao engano, deixando-me ir atrás de excelentes criticas ou atrás do top de vendas e depois… fico desiludido comigo próprio. houve alguém que me disse à tempos que o dinheiro que eu gastava  em livros era mal empregue e que poderia fazer tanta coisa, se fosse a fazer as contas ao dinheiro que tinha empatado nas prateleiras cá de casa. para quem ama os livros, sabe do falo, não há como resistir… quais bibliotecas, quais ebooks, quais emprestimos… o prazer de ir ás cegas a uma livraria, rodear-se de livros, sem saber muito bem o que vamos comprar, descobrir a capa, a contra-capa e a contra, contra-capa, ler a sinopse… pegar sentir o peso,  desfolhar, leva-lo para casa, abri-lo, cheirar sentir o cheiro do papel e o cheiro a cola, ler, deixarmo-nos envolver, entrar na aventura, apaixonarmo-nos pelos personagens. Este é um prazer apenas sentido por alguns (nem todos são assim, ou têm essa capacidade) sim digam a um leitor compulsivo, que o dinheiro que gasta em livros é mal empregue. este é o prazer da leitura, o prazer de ter um livro entre mãos. bem vindos a 2010! continuação de excelentes (novas ou velhas) leituras. Feliz  Ano Novo.

Fica então o meu balanço relativo ao ano de 2009, e que partilho convosco…
Habitualmente costumo fazer uma listazinha caseira, coisa que faço há muitos anos há mão, mesmo ainda antes de ter computador, não sei muito bem porque o faço… mas cada maluco sua pancada 😀 Costumo registar o dia em que começo e também o dia em que termino, aponto o número de páginas e também o custo do livro, o nome do autor e da editora. LOL

2009, foi um ano um pouco mais produtivo em termos de leituras do que 2008: li 20 livros no total  e desde já escolho a minha melhor leitura de 2009.
Equador de Miguel Sousa Tavares! Embora não seja uma novidade editorial, foi apenas o ano passado que o li pela primeira vez, poderão ler a minha opinião, aqui. (fora o meu querido Amigo Manuel Cardoso, do blogue “Os Meus Livros”) tenho a certeza de que concordam 😀
No pódio deste ano, quero ainda salientar as leituras de Os Filhos da Liberdade e Tim, a minha estreia com a autora Colleen Mcculough, que adorei. Poderão ler a minha opinião sobre as suas leituras aqui e aqui.

Quantos aos gastos com livros novos… este ano portei-me muitoooo bem!
Dos 20 livros lidos, comprei 5, e embora tenha perdido a feira do livro., este ano desembolsei um total de 73 Euros.
A “triste Leitura” de “Codex 632” foi um empréstimo à biblioteca municipal e neste caso mesmo não a terminando… poupei 22 Euros (ainda bem)
O resto das Leituras foram compras anteriores (nomeadamente a colecção da Revista Sábado e com algumas publicações da Visão)  com um custo de 4.95 Euros. Bem baratinho 😀
O resto foram prendinhas, de natal, e a primeira prenda do dia do pai (ah! Pois é)! Venham mais…. Poupei assim um total de: 126.30 euros. 😀
E as vossas leituras como foram este ano?? Gastaram muito dinheirinho???

Um Excelente 2010!

2010

O Blog Página a Página deseja a todos os Visitantes e Amigos

um excelente 2010

recheado de coisas boas e de muitas paginas repletas de Grandes Histórias

Feliz Ano Novo a todos