THE WALKING DAD

Saltam à vista… na montra da loja da Rua da Prata, fazendo com que pare e sorria. Uma ideia original para aquele amigo que é um super pai bem babado.
Mais uma das muitas  T-Shirts and All

the walking dad

 

Somos…

“Nós somos feitos de Histórias, não é de «á-dê-énes» nem códigos genéticos, nem de carne e músculos e pele e cérebros.
É de histórias”

 ◊

Frase: Afonso Cruz
In: Os Livros que devoraram o meu Pai

Fotografia: Nuno Chaves © – 2017
In: Lx. Factory

 

cropped-logo-2017.jpg

Ler Devagar

E Porque dia 7 de Janeiro foi  o “Dia do Leitor” passei pela Ler Devagar na Lx. Factory, A todos aqueles que gostam de se perder num livro desejo um ano de grandes viagens e novas descobertas e de bons livros para ler.

Poucas coisas marcam tanto um leitor como o primeiro livro que realmente abre caminho até ao seu coração. Aquelas primeiras imagens, o eco dessas palavras que julgamos ter deixado para trás, acompanham-nos toda a vida e esculpem um palácio na nossa memória ao qual, mais tarde ou mais cedo – não importa quantos livros leiamos, quantos mundos descubramos, tudo quanto aprendamos ou esqueçamos – vamos regressar.

LER DEVAGAR

Criei-me entre livros, fazendo amigos invisíveis em páginas que se desfaziam em pó e cujo cheiro ainda conservo nas mãos. Em criança aprendi a conciliar o sono enquanto explicava à minha mãe na penumbra do meu quarto as incidências da jornada

Cada livro, cada volume que vês, tem alma. A alma de quem o escreveu e a alma dos que o leram e viveram e sonharam com ele. Cada vez que um livro muda de mãos, cada vez que alguém desliza o olhar pelas suas páginas, o seu espírito cresce e torna-se forte.

Neste lugar, os livros de que já ninguém se lembra, os livros que se perderam no tempo, vivem para sempre, esperando chegar um dia às mãos de um novo leitor, de um novo espírito. Na loja nós vendemo-los e compramo-los, mas na realidade os livros não têm dono.
Cada livro que aqui vês foi o melhor amigo de alguém.

(Excertos do 1º Capitulo de “A Sombra do Vento” | Carlos Ruíz Zafón – 2011)

logo 2017

Descubra a Ler Devagar a 360º
http://www.svl360.com/virtualtour/lerdevagar/lerdevagar.html

Absolutely Flawless

 

Escolhi para ilustrar o primeiro post de 2017 uma imagem captada pelo amigo “AA”  numa ida (sempre mágica) à Vila e Serra de Sintra em Novembro passado.

A Imagem retrata um momento de talento puro na arte de  criar  bolas de sabão gigantes. Básico e simples não é?
Com o Avançar dos anos olhamos cada vez menos para o ostentativo e passamos a enxergar mais a beleza dos pequenos quês que começam a ser cada vez maiores aos nossos olhos. (vale mais tarde do que nunca)

Com os anos vamos dando cada vez menos importância à superficialidade da coisa e das coisas com que nos deparamos quase diariamente rejeitando os velhos clichés e as frases feitas. Há quem diga que é falta de paciência, outros chamam-lhe maturidade.

Paz, saúde, amor, dinheiro, trabalho, etc, etc, etc, são os eternos desejos que queremos para nós e que transmitimos aos que estimamos. Com o passar dos anos, vamos-nos apercebendo de que alguns sonhos e alguns desejos nunca se irão realizar. Não é derrotismo… são certezas.
Afinal o que distingue um último dia de calendário dos outros dias do ano? (deixo a resposta ao vosso critério)

O meus desejos? Que possa continuar a desejar-vos um bom ano (por muitos anos). Que vivam cada um como se fosse o primeiro! (porque cada dia e cada ano são isso mesmo, mais tempo e oportunidade de corrigir ou de fazer diferente. de reparar pequenos gestos e de reparar (mais) em pequenos gestos.
Que cada dia possa ser à semelhança da Bola de sabão da imagem, uma bolha de ar que rebentará em novos desejos e sonhos e aprendizagem (sempre)

O meu desejo é o mesmo do ano passado, e do outro e do outro e outro….
2017… (é apenas mais um(a) bolha)
A aventura continua… que seja perfeita então.

Bom dia a todos os que prosseguem…

3 de Janeiro de 2017

Logo GIF

A União (Não) faz a Força!

14705626_1282962788405206_3925957217782100170_n

Fotografia: Released on: 2016/19/29
© – Nuno Chaves | Smartphone Pic
Barreiro| Rua da União (Largo das Obras)
(Parte dos graffitis/murais no mesmo local)

Quarenta e um

À MEMÓRIA DE KATERINA BARBOSA

(Nascer, Viver… Renascer)

nascer viver renascer

Fecha os olhos… Pede um desejo!
Sopra! – Vês? – Acenderam-se todas!

Fotografia: Released on: 2016/19/29
© – Nuno Chaves | Smartphone Pic
Barreiro| Avª Escola dos Fuzileiros Navais
(parte do graffiti/mural no mesmo local)

Deception Point

Hoje… mais do que nunca

13322037_1166623353372484_3476743096569281350_n

 

THINK OUTSIDE THE BOX

– Quantas vezes quebraste as regras?  Regras limpas, sem batotas, sem trapaças. Regras instituídas e supostamente correctas, Quantas vezes? Só porque sim, só porque tem de ser.
– Quantas vezes quebraste as regras?
– Quantas vezes jogaste limpo? quantas vezes jogaste certo e foste o perdedor?

Pensa fora das regras, pensa fora da caixa.

Pensa fora de ti, fora dos outros, fora de tudo, fora do mesmo.
Pensa fora do certo nos momentos incertos, pensa direito, pensa ao contrário e quebra as regras se necessário.

Nuno Chaves 22 Julho 2016

20160720_200620
T-shirts da T-shirts and all, à venda no nº 148 da Rua da Prata na baixa de Lisboa.

 

Sorriso

E se de repente, tudo o que precisasses fosse apenas e só, um sorriso…

Nuno Chaves – 12 Julho 2016

000000000000000

UTC+ Artigo Pré Agendado para 18/07/2016 – Página a Página

O Mar e Eu…

Deve existir algo estranhamente sagrado no sal.
Existe no mar e nas nossas lágrimas.

“Khalil Gibran”

13331101_1166634333371386_8133207429706898441_n

Fotografia: Released on: 2016/07/15
© – Nuno Chaves | Smartphone Captur
Praia do Rio da Prata – Meco

Vamos!

1 - Cópia

Fotografia: Released on: 2016/06/24
© – Nuno Chaves | Smartphone Captur
Parque Catarina Eufémia – Barreiro

E Depois do Adeus…

 

Fotografia: Released on: 2016/06/05
© – Nuno Chaves | Smartphone Captur
Always Lisbon – Alcântara-Mar