O Outro Lado da Página

Tempestade

Espera sempre dos momentos Alguma coisa que ao passar te leve mais além
A mais algum conhecimento
Mas não queiras salvamento se faltar a alguém

Dança o teu azar enterra-o por aí Vem passar por dentro da tempestade
Lança-te a voar nada como abrir as asas ao vento
e aprender a cair

Convence o próprio pensamento a abrir as portas para passar sem vetar ninguém Cada Ser seu sentimento e talvez o salvamento nos salve a nós também.

FOTOGRAFIA:
“TEMPESTADE”
By: Nuno Chaves

Released on: September 2018

 

Canção: Tempestade
Márcia

© 2018 – Página a Página e Nuno Chaves
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

9 anos2

Não mendigues amor…

Não mendigues amor daqueles que não têm tempo para ti, que só pensam em si mesmos. Nunca faças isso. Quem te faz sentir invisível e insignificante não te merece. Quem te merece é quem te faz sentir importante, quem cuida de ti, quem te dá atenção e quem está presente.

O amor deve ser demonstrado, mas nunca mendigado. Quem te merece não é aquela pessoa que fala muito e faz pouco. Quem te merece é aquela pessoa que fala menos, mas faz mais. Quem te procura só quando precisa de ti não te merece.

QUEM TE MERECE É QUEM ESTÁ AO TEU LADO EM TODAS AS OCASIÕES, NOS BONS E NOS MAUS MOMENTOS

No fim, a pessoa que te merece é aquela que tendo a liberdade de escolher, escolhe aproximar-se de ti, escolhe dedicar-te o seu tempo, o seu esforço e a sua atenção.

Dizem que não existe falta de tempo, existe falta de interesse, porque quando as pessoas realmente querem, a madrugada torna-se dia, a terça-feira torna-se sábado e qualquer momento torna-se oportunidade.

Também dizem que quem muito espera, acaba por se decepcionar e sofrer. Então, precisamos rever as nossas expectativas e colocarmos nas nossas cabeças que não devemos esperar tanto de ninguém, devemos esperar mais de nós mesmos.

Tira um tempo para as pessoas que te merecem e te fazem sentir bem. Não mendigues nenhuma atenção, amizade ou amor de ninguém. Quem gosta de ti, provará isso mais cedo ou mais tarde.

Não ligues a quem não te liga. Não procures quem não te procura, não procures quem não sente a tua falta.

NÃO ESCREVAS A QUEM NÃO TE ESCREVE, NÃO TE SUJEITES AO CASTIGO DA INDIFERENÇA

Não esperes quem não te espera, valoriza-te e deixa de mendigar e implorar amor. Porque o amor deve sempre ser mostrado, mas nunca mendigado. O teu amor deve ser para aqueles que te amam e te compreendem sem julgar.

E, especialmente, não te esqueças do valor do teu sorriso, não te esqueças de te amares e valorizares pelo que tu és.

Só porque alguém não te ama, não significa que tu deves negligenciar-te. Na verdade, tu deves fazer o oposto, tu deves reforçar o amor-próprio e fazer todos os possíveis para te rodeares de pessoas que gostam de ti e te querem de verdade nas suas vidas.

Texto: Raquel Aldan

FOTOGRAFIA:
“A PROMESSA”
By: Nuno Chaves

Released on: 31 May 2008
Quinta de Catralvos | Azeitão

 

 

© 2018 – Página a Página e Nuno Chaves
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

 

 

Xeque ao Rei

xadrez_255260497

A vida não é um jogo onde podemos parar, manipular, interromper ou manter o outro jogador em suspenso só porque sim.
Esquecemos que um peão pode chegar ao final sozinho…
A vida não é um tabuleiro de xadrez, onde a peça cai porque está desatenta.
Certos jogos acabam mas podem sempre recomeçar. (Depois será tarde)
Xeque-Mate.

Nuno Chaves – 30 de Maio 2018

 

Acasos

ACASOS 2

Não fazes favor nenhum em gostar de alguém
Nem eu, nem eu, nem eu
Quem inventou o amor não fui eu

Não fui eu, não fui eu, não fui eu, nem ninguém

O amor acontece na vida
Estavas desprevenida e, por acaso eu também
E como o acaso é importante, querida
De nossas vidas a vida fez um acaso também

Não fazes favor nenhum em gostar de alguém
Nem eu, nem eu, nem eu
Quem inventou o amor não fui eu, não fui eu
Não fui eu, não fui eu, nem ninguém

“ACASOS”
Fotografia: Nuno Chaves
Released on: 17 May 2018
Moinhos de Alburrica | Barreiro

© 2018 -Página a Página e Nuno Chaves
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

“NEM EU”
Música e Letra: Dorival Caymmi
Voz: Salvador Sobral
Piano: Júlio Resende

© 2016 – Edições Valentim de Carvalho S.A.

 

 

cropped-cropped-logo-201713.jpg

 

A vida seria perfeita se…

01 - Cópia

*

A vida poderá será perfeita se…
Estivermos por vezes dispostos a riscar a reescrever a virar ou até rasgar a página de um livro… navegando em novas páginas, novos livros, novas estórias, e quiça construir a palavra acreditar.

29/4/2018

cropped-cropped-cropped-logo-20171.jpg